QUEDAS

 1 mês: Cair com o bebê.

  2 a 6 meses: De superfícies altas, por ex., trocador,cama, com andador (escadas), do carrinho.

 9 a 36 meses: No chão sobre objetos, de janelas, terraços.

 2 a 8 anos: De árvores, muros, etc.

Prevenção: Usar sapatos confortáveis, sem salto. Não deixar o bebê sozinho sobre superfícies altas. Se está no carrinho colocar cinto de segurança. Impedir seu acesso às escadas do edifício. Não deixar aberta a porta principal. Manter cadeiras e mesas afastadas das janelas e não pernitir que a criança queira olhar sozinha através delas. Avaliar a segurança do terraço.

CORTES

4 a9 meses: objetos afiados no chão, móveis com as bordas afiadas.

12 a48 meses: Com objetos afiados na mesa, em gavetas, com objetos afiados em qualquer lugar.

2 a5 anos: Com ferramentas.

Prevenção: Utilizar utensílios de plástico (copo, prato, etc). Manter fora do alcance da criança todos os objetos cortantes ou pontiagudos (facas, tesouras, lâminas de barbear, etc.). Não deixar criança pequenas carregar objetos de vidro. Mantê-los afastados de seu alcance. Cobrir as quinas e bordas afiadas dos móveis. Guardas as ferramentas depois de utilizadas pois as crianças imitam os adultos.

QUEIMADURAS

1 Mês: No banho, mamadeira.

4 a6 meses: Com xícaras ou comidas.

9 a36 meses: Com o fogão, com lampião aquecedores, de gás espiriteiras ou querosene.

2 a5 anos: Abre sozinha torneira de água. Usa fósforos isqueiros.

Prevenção: Não manejar objetos quentes com a criança no colo ou quando não possa vê-la (xícaras de café, chá). Estar seguro de que os aquecedores não são perigosos para a criança. Não permitir que a criança se aproxime do fogão, colocar o cabo das panelas e frigideiras para dentro evitando que a criança possa alcançá-los. Verificar a temperatura das bebidas e alimentos antes de dá-las a criança. O mesmo com a água do banho. Não deixar fósforos e isqueiros ao alcance da criança. Não deixá-la sozinha com fogo acendido (velas, lareiras, espiriteiras).

SUFOCAÇÃO

1 Mês: Por aspiração de vômito.

3 a12 meses: Ficar preso com objetos em aberturas pequenos ou alimentos ( botão, alfinete).

12 a2 anos: Abre tampas com sacos procurando objetos, plásticos, balas, bolinhas.

3 a5 anos: Brincando.

Prevenção: Nos primeiros meses a criança deve descansar no berço deitada de lado. Não usar travesseiros na cama de crianças com menos de 2 anos. Examinar a roupa para ver se os botões estão bem pregados. Verificar que os brinquedo não tenham peças pequenas soltas. Não deixar a criança brincar com sacos plásticos. Não permitir que coloquem cordas ou barbantes ao redor do pescoço (por exemplo brincando de cachorrinho).

INTOXICAÇÃO

1 Mês: Administração acidental por parentes.

9 a36 meses: Com producos de limpeza (casa, banheiro, com medicamentos (comprimidos) abre tampas, procura objetos.

3 a5 anos: Com brinquedos infantis.

Prevenção: Todos os medicamentos devem estar guardados com chave e fora do alcance das criança. Não esquecer de avisar os parentes e amigos (pílulas e comprimidos nas bolsas e criados mudos). Os produtos químicos e de limpeza devem ser mantidos nas suas embalagens originais e fora do alcance das crianças. Isto também é válido para bebidas alcoólicas. Manter o número de um Centro de Intoxicações próximo ao telefone. 

AFOGAMENTO

1 Mês: Água na banheira.

6 a48 meses: Água da banheira, tanques, piscinas, tinas, etc.

Prevenção: Para a hora do banho: Não deixar a criança sozinha na banheira. Cinco centímetros de água  são suficientes para uma criança pequena. Não deixar a criança sozinha perto de piscinas ou tanques que não tenham proteção. Ensiná-la a nadar e a ter respeito pelos perigos da água.

TRÂNSITO

1-48meses: Segurança no automóvel.

12 a48 meses: Segurança na rua como pedestre.

2 a8 anos: Com triciclo ou bicicleta.

Prevenção: Respeite as medidas de segurança para o transporte de crianças no automóvel. Ensinar desde pequena as regras básicas. Se ainda não pode respeitá-las deve ser vigiada constantemente.

CHOQUES ELÉTRICOS

6 a24 meses: Tomadas, fios, descobertos, aparelhos elétricos.

Prevenção: Proteger as tomadas. Evitar extensões. Manter os aparelhos elétricos mais perigosos fora do alcance da criança. Não usar aparelhos elétricos perto da água. Instalar interruptores automáticos.

                                                                                              Fonte:Adaptado e Modificado,  CLAP, 1995