A rinite é uma inflamação da mucosa nasal. É uma doença que pode ser causada por vírus, bactérias, fungos, ser decorrente de processos alérgicos

, mudança de temperatura, medicamentos e irritação por fatores ambientais (poluição, produtos químicos e cigarro).

Os sintomas podem acontecer todos ao mesmo tempo ou predominar algum deles:

 

Obstrução:sensação de nariz entupido

 

Prurido: nariz que coça e espirros

 

Secreção:saída de secreção (clara ou esverdeada), escorrimento nasal

 

Quando muito freqüente, pode levar a sinusite, dor de cabeça, dor de ouvido e outras repercussões em vias aéreas superiores.

Situações como gripes e resfriados podem vir acompanhadas de rinite temporária de intensidade variável.

Em dias secos,  é muito importante manter a mucosa nasal hidratada, para isso, utilize solução de soro fisiológico com freqüência e estimule ingestão adequada de líquidos.

Se a rinite é de causa alérgica, pode vir acompanhada de outros sintomas de alergia como asma e dermatite. Os ácaros e o pólen são os principais envolvidos nesse processo. Um quadro de rinite alérgica não tratada pode desencadear uma crise de asma. Para se reduzir as repercussões da rinite alérgica, alguns cuidados são importantes:

 

Deixar os ambientes secos e arejados;

 

Reduzir a exposição aos ácaros: evitar cortinas, bichos de pelúcia, tapetes, carpetes e almofadas da casa;

 

Preferir pisos lisos e fáceis de limpar;

 

Proteger colchões e travesseiros com material antialérgico ou plástico para impedir o acúmulo de poeira e trocar roupas de cama com freqüência;

 

Em alguns casos, pode ser necessário afastar animais de estimação.

 

pediatraonline.com.br