Desenvolvimento psicomotor: perfil, conduta, antecipação e alerta

 

DE 03 ANOS

PERFIL

CONDUTAS ADQUIRIDAS

COMEÇA A

ANTECIPAR PARA A MÃE

ALERTA

É social, conversadora, pergunta sobre tudo incorporado novas palavras todos os dias. Gosta de brincadeiras que representam pessoas e situações cotidianas. Manifesta prazer nas atividades com água, arreia, massa de modelar; gosta de desenhar e que lhe contem histórias. Começa a ser mais independente e a ter consciência das outras pessoas. Domina a marcha e outras atividades motoras mais complexas: corre, pula, trepa.

Fica em um só pé sem apoio por um segundo ou mais.

Constrói torres com cinco cubos ou mais.

Come sem ajuda usando a colher sem derramar.

Diz nome de pelo menos 5 objetos conhecidos.

Tira alguma peça de roupa sozinha, lava e seca as mãos e a cara.

Brincar com outros.

Desabotoar e desamarrar cordões.

Usar verbos, construir frases.

Cumprir ordens complexas.

Desenhar bolinhas, linhas, figuras humanas.

Esperar sua vez.

Dizer seu nome, sexo e idade.

Que controlará os esfíncteres (de dia e de noite).

Definicão da lateralidade dos membros superiores e inferiores.

Que comerá sem ajuda usando o garfo.

Que amarrará ou fará nós.

Que saberá decorar canções, histórias simples.

Ausência de uma ou mais condutas normalmente adquiridas aos 3 anos.

Dificuldades óbvias na alimentação ou no sono.

Dificuldade para relacionar-se: inibição, timidez, passividade, agressividade e impulsividade excessivas.

Ausência de brincadeira ou brincadeira repetitiva.

Masturbação compulsiva (grande parte do tempo).

Ausência de linguagem verbal.

Fonte: CLAP, 1996

 

DESENVOLVIMENTO PSICOMOTOR: COMPORTAMENTOS E ATITUDES-DE 03 A 04 ANOS

 

ALIMENTAÇÃO

HIGIENE

SONO

LINGUAGEM

MOTRICIDADE

RELACIONA-MENTO

COMO É A CRIANÇA?

Aumenta sua independência durante as refeições.

Necessita pesquisar a diferença de sexos, mostra seu corpo nu espontaneamente e tenta olhar os outros. Deveria ser capaz de controlar sua urina também durante a noite.

Manifesta medo da escuridão, de ir dormir, dos pesadelos, etc. Isto reflete problemas próprios da idade.

É social, conversadora e curiosa. Pergunta sobre tudo, incorporando palavras novas todos os dias.

Gosta de jogos de representação de pessoas e situações cotidianas. Diverte-se muito com atividades com água, areia, massinha e os desenhos.

Podem frequentar jardim de infância, o que é bom para sua socialização, embora seja cedo para que colaborem entre si.

ATITUDE MATERNA E DA FAMÍLIA

A criança deve comer usando copo, garfo e colher, embora não tenha ainda completo domínio deles e demore. É importante que compartilhe a mesa familiar.

Em alguma noite o controle da urina pode não ser total. Não castigá-la por condutas que demonstram curiosidade natural. Dar explicações adequadas.

Explicar que é comum a todas as crianças, e que com o tempo irão desaparecendo. Prestar atenção ao que a criança vê na TV pois aí pode estar a causa de seus medos.

Estimulá-la para que conte experiências ou histórias inventadas. Ler e comentar livros com imagens todas as vêzes que a criança peça. Em suas narrações confunde realidade e fantasia; não ridiculizá-la nem diminuir suas expressões.

Aumenta as possibilidades de jogos dos períodos anteriores. Brinca de imitar os adultos (mamãe, papai, doutor, etc.). Aumenta sua participação nas tarefas domésticas.

Começa a ter consciência dos outros. Deve-se procurar um ponto de equilíbrio entre a casa e o jardim. Se não há limites a criança faz em sua casa o que quer e não poderá ser disciplinado no jardim.

Fonte: CLAP, 1996